CONSERTANDO O BRASIL

Na pausa para o almoço, o pedreiro estava vendo o jornal. Um resumo do primeiro dia de cadeia do ex-governador do Rio: corte de cabelo, roupa nova, café, almoço e janta. No cardápio, feijão, macarrão, farinha e carne. O colega ao lado arriscou opinião:

– Finalmente estão consertando o Brasil, hein?

– Será? Eu trabalho desde os dezesseis e olha o meu almoço: arroz com ovo. Nunca ganhei nada de graça, nem um corte de cabelo. Enquanto isso um safado desses… Não, pra mim isso aqui está longe de consertar.

Uma opinião sobre “CONSERTANDO O BRASIL”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *